Aprenda a renegociar dívidas com a Credjet

Postou em

Controlar o orçamento nem sempre é uma tarefa simples, é preciso disciplina e muita atenção a todas as atividades da rotina. Muitas vezes a desinformação limita essa moderação financeira, o que acaba nos levando a aceitar medidas drásticas, como o crédito com altas taxas de juros.

 

Só quem já esteve presente nessa realidade sabe dizer quão difícil é enxergar esperança em meio a dívidas, e, apesar de exigente, o caminho para se livrar delas pode ser percorrido por qualquer um que esteja disposto. Para te ajudar nessa jornada, a Credjet separou algumas dicas. Venha conferir!

 

Renegociar dívidas é uma questão de planejamento

 

woman

 

Não podemos negar, a renegociação de dívidas começa realmente quando você para e elabora um plano de ataque para entender como chegou até aquela situação e quais os verdadeiros caminhos para sair dela o mais rápido possível. Nesse cenário de retomada de controle, o planejamento financeiro se faz ainda mais necessário.

 

Para dar início a esse processo, tenha em mãos os dados do seu orçamento positivo e dos valores exatos de todas as dívidas, assim fica mais fácil elencar prioridades de pagamentos e dar início aos seus compromissos mensais. Nesse primeiro momento, também é essencial definir estratégias e ações para quitar essas dívidas.

people

Depois de organizar as informações e garantir um planejamento visual de todas as suas dívidas, comece a renegociar por aquelas que apresentam taxas maiores de juros, como o cheque especial, por exemplo. Tente buscar opções de parcelamento para dívidas mais baratas em uma negociação mais direta com o credor.

 

Saúde financeira e 3 modelos de renegociação

 

Da mesma forma como buscamos sempre novas alternativas para manter o corpo e a mente em um bom funcionamento, a renegociação e a quitação de dívidas funciona como uma nova rotina para melhorar a saúde financeira.

 

No mundo das finanças, existem 3 modelos de dívidas que costumam assombrar: as relacionadas a bancos, aquelas adquiridas empresarialmente, e as mais comuns que

resultam do uso excessivo de cartões de crédito. Independentemente de onde suas necessidades de encaixem, é importante aprender a lidar com estratégias para todas elas.

 

- Pare de recusar as ligações do seu banco

 

Nas dívidas com bancos, o primeiro passo é parar de evitar o contato e conversar com seu gerente, só ele será capaz de lhe informar sobre as possibilidades de pagamento. Na maioria dos casos, as instituições costumam facilitar esse tipo de negociação, já que são as maiores interessada no recebimento de tais dívidas.

 

Para esse caso de parcelamento de dívidas bancárias, o mais inteligente a se fazer é consultar seu planejamento financeiro previamente feito e entender qual parcela do seu orçamento mensal está disponível para essa proposta. Leve em consideração todos esses fatores e certifique-se de garantir uma conclusão vantajosa para ambos os lados.

 

- Dívidas empresariais não são o fim do seu negócio

 

Empreender é um desafio que exige muito investimento, então, se sua empresa está passando por um momento de inadimplência financeira, saiba que você não está sozinho nessa. Segundo dados de uma pesquisa realizada pelo Serasa Experian, 5,4 milhões de negócio passam por esses mesmo problema diariamente.

 

Resiliência e determinação são as chaves para manter sua empresa em pé, já que a combinação dos pagamentos das contas em dia, com a necessidade de conquistar uma boa margem de lucro para investimento, nem sempre gera números positivo no final do mês.

 

Para contornar essa situação é importante manter uma linha de diálogo sempre aberta e presente com o seu credor. Assim como nos bancos convencionais, somente ele é capaz de oferecer condições de pagamentos mais próximas a sua realidade, com aumento das parcelas e redução das taxas de juros.

 

Outra alternativa para repensar dívidas empresariais são as modalidades de crédito direcionado para quitar essas pendências. Nesse modelo de crédito empresarial é necessário comprovar que ele será utilizado para negociar dívidas, o que dá ao empreendedor mais liberdade para planejar as parcelas e organizar seu orçamento.

 

Leia sobre crédito empresarial aqui no blog da Credjet!

 

- Campeão de dívidas

 

Considerada como uma das mais caras do mercado financeiro, as dívidas adquiridas através dos cartões de crédito chegam a mais de 280% ao ano, de acordo com número do Banco Central. Essa porcentagem nos mostra a realidade de planejamento financeiro: as dívidas do cartão de crédito são sempre prioridade.

 

Você se encontra dentro dessa estatística? Se sim, é preciso agir imediatamente! Como abordamos no tópico de dívidas bancárias, com o cartão de crédito também é indispensável

entrar em contato e negociar parcelas e menores taxas de juros para que ela seja quitada o mais rápido possível.

Não deixe de utilizar, ainda, os recursos disponíveis na internet para simulação de crédito em diferentes agentes financeiros, como a Credjet. Com essas simulações, você consegue encontrar as melhores propostas para adequar esses pagamentos a sua realidade financeira.

 

Mesmo que o cenário de parcelamentos seja assustador, renegociar dívidas é um mal necessário para retomar o controle da sua vida financeira. Siga nossas dicas e garanta um futuro promissor para o seu planejamento!

Últimos Artigos sobre Finanças e Empréstimo Online

Posts relacionados

prev_butt

Postou em

Como já comentamos em alguns textos aqui no blog da Credjet, a pandemia do Covid-19 atingiu diferentes campos da nossa sociedade moderna. Negócios, comércio e economia estão sofrendo com essa crise que não nos apresenta um cenário promissor, mas e o planejamento de gastospessoais, como ele fica nesse momento?

leia mais >>

Postou em

Está com o “nome sujo”? Conheça as dicas para renegociar dívidas

A falta de um bom planejamento financeiro é um dos principais motivos para o alto índice de dívidas no Brasil. Pouco mais de 60 milhões de brasileiros têm contas atrasadas, segundo dados do Serasa Experian. Apesar de poucos saberem como realmente se livrar desse peso, renegociar dívidas não é tão difícil quanto parece.

leia mais >>

mulher executiva sorrindo com notebook na mesa

Postou em

Se você é um empreendedor com certeza entende a importância de manter um capital de giro. No entanto, também deve saber que nem sempre isso é possível. Veja, a seguir, como funciona um empréstimo empresarial.

leia mais >>

next_butt